Estou super feliz por estar a organizar um retiro com a minha amiga Sofia de Assunção! A Sofia entrou na minha vida numa altura em que me sentia um pouco perdida a nível profissional… Estávamos em 2016 e eu tinha mudado de emprego há relativamente pouco tempo. Ainda sentia a motivação do novo desafio, mas no fundo sabia que não era aquela a área profissional em que gostaria de estar a trabalhar. Sempre senti que precisava de fazer algo que tivesse um maior impacto no outro, que contribuísse para algo maior e não sentia isso de maneira nenhuma no meu trabalho. Trabalhei durante quase 10 anos na área das tecnologias de informação e por mais que adorasse computadores e tecnologia, o meu propósito de vida não podia passar por ali. Por isso sentia a necessidade de ter 1001 projectos que me preenchessem. O excesso de trabalho, a dedicação extra a imensos projectos e poucas horas...
A palavra YOGA deriva do sânscrito da raiz Yuj, que significa unir, atar, ligar, ou seja, ligar a parte física à mental, levando à reintegração e reequilíbrio do ser. Yoga não é um tipo de exercício físico, mas algo mais, que nos permite trabalhar ao mesmo tempo: o corpo, tonificando os músculos e a mente, focando a atenção na respiração e no momento presente, reduzindo assim a nossa actividade mental. As aulas de yoga têm uma duração de aproximadamente 60 minutos e são geralmente constituídas por vários tipos de exercícios: as posturas de yoga (asana), exercícios de respiração (pranayama), preparação para a meditação e meditação, relaxamento (no final da aula) e vocalização de mantras. Há diversos tipos de yoga, uns mais vigorosos, outros mais lentos, uns mais físicos, outros mais espirituais. As aulas podem ser em grupo ou particulares, sendo que neste último caso são totalmente personalizadas, tendo em conta a condição física do aluno...
Quantas horas do nosso dia passamos a olhar para um ecrã? 4 horas? 8 horas? Se trabalharmos em frente a um computador podemos passar cerca de 12 horas ou até mais! É incrível o n.º de horas que perdemos a olhar simplesmente para ecrãs sem nos darmos conta disso. É o computador, o telefone e a televisão e muitas vezes, tudo em simultâneo. Se estivermos a fazer algo produtivo e que, acima de tudo, contribui para algo não o vejo como uma perda de tempo. O pior são as horas inúteis que passamos ao telefone. Acredito que o ser humano está aqui para contribuir. Apesar de não ser de todo isso que vejo no meu dia-a-dia. Vivemos centrados no nosso mundo. Estamos no planeta Terra apenas a consumir recursos e fazemos muito pouco para tornarmos o planeta um lugar melhor. Apenas pensamos no imediato. Esquecemo-nos que isto não vai durar para sempre. Mas não é...
Quando digo que a Sofia foi fundamental na minha mudança de vida profissional, não estou a exagerar. Comecei as sessões de coaching no início de 2017. Na altura apesar de ter mudado de trabalho há pouco tempo e de gostar do meu trabalho, sentia que faltava algo. E há muito que considerava a possibilidade de ter sessões de coaching. Mas havia algo que me impedia de o fazer... Ainda não tinha encontrado a pessoa certa! Já seguia a Sofia há algum tempo, até antes de ela trabalhar como coach e sempre houve uma empatia. Por isso sentia que seria a pessoa certa e arrisquei! Não poderia ter escolhido melhor! Ao longo das várias sessões que fizemos passei a conhecer-me melhor, percebi aquilo que gostaria de fazer profissionalmente e aprendi a utilizar as ferramentas necessárias que me permitiram dar o salto. Adoro o acompanhamento da Sofia porque temos sempre trabalho de casa. Somos obrigados a evoluir,...
Vem aí a 2ª edição do retiro Slow Living & Alimentação Saudável! A 1ª aconteceu em Abril e correu tão bem que quisemos mesmo repetir! Mais uma vez estou a organizar com a minha amiga Oksi do blog Dicas da Oksi. Acontecerá de 21 a 23 de Setembro (2 noites, sexta a domingo). Será na Guarda, num local maravilhoso (revelamos mais pormenores a quem solicitar informação), rodeado de natureza, onde vamos poder desconectar-nos do mundo e conectarmo-nos connosco. Teremos uma casa linda só para nós. Vamos praticar yoga, meditação, fazer caminhadas e alimentar-nos de forma saudável. Vamos aprender a viver mais devagar, a conectar-nos mais com a natureza e, por isso, com o nosso interior. Afinal somos parte da natureza. Mas no dia-a-dia perdemos essa ligação com a correria das nossas vidas. E, muitas vezes, acabamos mesmo por ficar doentes devido a essa desconexão. Infelizmente senti isso mesmo na pele. Mas estou curada e quero...
Bem-vindos ao novo Ana, Go Slowly! Queria que o primeiro post reflectisse exactamente a mensagem que é mais importante para mim: que só faz sentido encararmos a nossa vida como um todo. De que me adianta cuidar do planeta e dos outros se eu não cuidar de mim mesma primeiro? E de que adianta, também, eu só cuidar de mim e me esquecer de tudo o resto? Acredito que quando começamos a cuidar de nós, do nosso corpo, da nossa mente e da nossa alma, inevitavelmente acabamos por nos preocupar mais com o planeta e com os outros. Começamos a perceber que a mãe Terra é a casa de todos e que todos nós estamos ligados de alguma forma, por sermos parte deste planeta. Quando iniciamos um caminho de auto-conhecimento já não conseguimos voltar atrás, queremos continuar, descobrir mais, compreender, ir mais além. E acho que o nosso propósito aqui na Terra é precisamente esse:...
  Estou super feliz por anunciar esta notícia: um retiro com yoga, alimentação saudável e no meio da natureza! Sempre quis organizar os meus próprios retiros e finalmente chegou o dia! Realmente quando acreditamos que é possível viver a vida dos nossos sonhos, a magia acontece! E é tão bom! Gostavas de fazer uma pausa na tua vida, de tirar um tempo só para ti, de te conectares contigo e com a tua essência? Sentes que precisas de implementar hábitos saudáveis na tua vida mas não sabes como? Necessitas de te alimentar melhor e de cuidar melhor de ti? Sentes que tens demasiadas coisas na tua vida e que gostavas de dizer mais vezes "não", mas não sabes como? Então este retiro é para ti! Todas as actividades do retiro foram pensadas para que possas usufruir de um momento de pausa e de descanso na tua vida, com o objectivo de te conectares com a...
Confesso que desde que fiz a transição para passar a trabalhar a tempo inteiro naquilo que realmente me faz feliz, ainda não consegui organizar-me como gostaria.  Continuo em busca das ferramentas perfeitas que me permitem registar tudo e não me esquecer de nada.  Durante esta procura pensei seriamente em voltar ao papel, apesar de nos últimos anos dar preferência ao digital. Andava seriamente a pensar em comprar uma agenda para o próximo ano! O mais engraçado (e nada acontece por acaso) fui convidada para fazer parte desta super agenda de 2018, projecto da Cristiana Lopes com design da querida Joana Lapa, em que participam 12 mulheres inspiradoras.  Que privilégio fazer parte deste grupo, onde cada mulher inspiradora representa um mês do ano: Janeiro - Luísa (Quinta do Arneiro) Fevereiro - Catarina (Ties) Março - Sara Marques dos Santos (S de Salada) Abril - Joana Limão  Maio - Maria Ochoa (Dream Catchers World) Junho - Inês Cancela...
Já há muito que me debatia com um grande problema: como ter comida saudável, deliciosa e colorida mas que fosse rápida e não desse muito trabalho? Andava até super desmotivada e sem nenhuma vontade para cozinhar... Felizmente voltei a ter vontade de cozinhar e melhor de tudo agora como com real prazer! Várias coisas contribuíram para isso: os videos do Cam & Nina (graças à sugestão da querida Patrícia do Not Guilty Pleasure), o detox holístico de Primavera da querida Cláudia e ao livro maravilhoso da Vânia do Made by Choices. Tudo isto permitiu-me recuperar o bichinho da cozinha e da comida saudável que se tinha perdido no meio do cansaço e das 1001 coisas para fazer. Mas não pensem que agora tenho vontade de fazer receitas maravilhosas e elaboradas todos os dias, nada disso. Toda esta inspiração que recebi ajudou-me a fazer receitas fáceis, rápidas e saudáveis sem perder tempo nem ter grande trabalho....
Depois do Alentejo fiz várias vezes esta salada como acompanhamento do prato principal.  Inspirei-me no gaspacho pois claro! No que mais poderia ser? :) Ingredientes: Pepino Tomate Sementes de sésamo Alho em pó Coentros frescos (estes não podiam mesmo faltar!) Vinagre balsâmico Azeite Molho de soja (em vez do sal) Cortei o tomate e o pepino em pedaços pequenos, temperei a salada e polvilhei com umas sementes de sésamo para lhe dar um sabor mais crocante.  Simples, rápida e deliciosa!