Tive a oportunidade de conhecer o Mário em Outubro, quando combinamos gravar uma entrevista sobre zero waste para o seu projecto Epoch. Adorei conhecer o Mário e agradeço a oportunidade de partilhar e de ter interesse neste assunto. Sabemos que é cada vez mais urgente cuidarmos do planeta. Com tantas dicas super simples não é difícil começar! Vamos lá? Pedi ao Mário que me descrevesse o seu projecto e de como surgiu esta ideia: "Sempre tive muita curiosidade sobre as pessoas à minha volta. Passamos por tantas pessoas diferentes todos os dias e nem nos apercebemos que elas existem. Brandon Stanton (Humans of New York) faz um trabalho incrível ao descobrir e partilhar as suas histórias. Contudo, eu sentia que queria saber mais sobre elas e um parágrafo não era suficiente. Foi assim que surgiu o projeto. O objetivo dos documentários é mostrar que cada um de nós tem experiências e histórias únicas para partilhar,...
Vem aí a 2ª edição do retiro Slow Living & Alimentação Saudável! A 1ª aconteceu em Abril e correu tão bem que quisemos mesmo repetir! Mais uma vez estou a organizar com a minha amiga Oksi do blog Dicas da Oksi. Acontecerá de 21 a 23 de Setembro (2 noites, sexta a domingo). Será na Guarda, num local maravilhoso (revelamos mais pormenores a quem solicitar informação), rodeado de natureza, onde vamos poder desconectar-nos do mundo e conectarmo-nos connosco. Teremos uma casa linda só para nós. Vamos praticar yoga, meditação, fazer caminhadas e alimentar-nos de forma saudável. Vamos aprender a viver mais devagar, a conectar-nos mais com a natureza e, por isso, com o nosso interior. Afinal somos parte da natureza. Mas no dia-a-dia perdemos essa ligação com a correria das nossas vidas. E, muitas vezes, acabamos mesmo por ficar doentes devido a essa desconexão. Infelizmente senti isso mesmo na pele. Mas estou curada e quero...
Bem-vindos ao novo Ana, Go Slowly! Queria que o primeiro post reflectisse exactamente a mensagem que é mais importante para mim: que só faz sentido encararmos a nossa vida como um todo. De que me adianta cuidar do planeta e dos outros se eu não cuidar de mim mesma primeiro? E de que adianta, também, eu só cuidar de mim e me esquecer de tudo o resto? Acredito que quando começamos a cuidar de nós, do nosso corpo, da nossa mente e da nossa alma, inevitavelmente acabamos por nos preocupar mais com o planeta e com os outros. Começamos a perceber que a mãe Terra é a casa de todos e que todos nós estamos ligados de alguma forma, por sermos parte deste planeta. Quando iniciamos um caminho de auto-conhecimento já não conseguimos voltar atrás, queremos continuar, descobrir mais, compreender, ir mais além. E acho que o nosso propósito aqui na Terra é precisamente esse:...
  Estou super feliz por anunciar esta notícia: um retiro com yoga, alimentação saudável e no meio da natureza! Sempre quis organizar os meus próprios retiros e finalmente chegou o dia! Realmente quando acreditamos que é possível viver a vida dos nossos sonhos, a magia acontece! E é tão bom! Gostavas de fazer uma pausa na tua vida, de tirar um tempo só para ti, de te conectares contigo e com a tua essência? Sentes que precisas de implementar hábitos saudáveis na tua vida mas não sabes como? Necessitas de te alimentar melhor e de cuidar melhor de ti? Sentes que tens demasiadas coisas na tua vida e que gostavas de dizer mais vezes "não", mas não sabes como? Então este retiro é para ti! Todas as actividades do retiro foram pensadas para que possas usufruir de um momento de pausa e de descanso na tua vida, com o objectivo de te conectares com a...
O novo ano já começou há 11 dias, mas ainda vou a tempo de escrever este post, afinal a vida por aqui é vivida ao meu ritmo, a um ritmo cada vez mais slow. E é tão bom que assim seja. Afinal somos nós que decidimos o ritmo da nossa vida, certo? Achamos que não, que é a sociedade, essa entidade máxima que parece tão distante, mas que na realidade é constituída por mim, por ti, por todos nós. Sei que não é fácil, colocar um travão, bater o pé no chão, ser diferente, mas é possível. No fundo somos nós, cada um de nós, que controla o ritmo da sua vida e que decide como a quer viver. Não é fácil remar contra a maré, mas é tão mais compensador. O ano de 2017 foi um ano de mudança. Quero que 2018 seja um ano de crescimento acima de tudo. E como somos nós...
Confesso que desde que fiz a transição para passar a trabalhar a tempo inteiro naquilo que realmente me faz feliz, ainda não consegui organizar-me como gostaria.  Continuo em busca das ferramentas perfeitas que me permitem registar tudo e não me esquecer de nada.  Durante esta procura pensei seriamente em voltar ao papel, apesar de nos últimos anos dar preferência ao digital. Andava seriamente a pensar em comprar uma agenda para o próximo ano! O mais engraçado (e nada acontece por acaso) fui convidada para fazer parte desta super agenda de 2018, projecto da Cristiana Lopes com design da querida Joana Lapa, em que participam 12 mulheres inspiradoras.  Que privilégio fazer parte deste grupo, onde cada mulher inspiradora representa um mês do ano: Janeiro - Luísa (Quinta do Arneiro) Fevereiro - Catarina (Ties) Março - Sara Marques dos Santos (S de Salada) Abril - Joana Limão  Maio - Maria Ochoa (Dream Catchers World) Junho - Inês Cancela...
Sobre a importância de nos aceitarmos tal como somos. Eu não poderia ter escrito melhor.  Adoro este texto do Frederico: Deixe em ti florescer boas lembranças, não crie rancor por quem não quis te ver por dentro, deixe a inveja para quem não sabe alcançar o amor que há em si. São poucos os que vivem o que sentem, se permita ser diferente, esqueça quem lhe impõe limites, quem lhe diz o que seu coração deve sentir, coloque os teus gostos no papel e seja panfletária do amor que quer viver. Seja grata com o que é seu por natureza: valorize o teu beijo, tão doce; brinque com teu cabelo como quiser, ele é todo seu, corte, doe, pinte; deixe seu corpo ser novo, mesmo quando a opinião ainda é velha; te encha de tatuagem se assim desejar, ou não faça nenhuma; sonhe alto onde ninguém consiga te podar, você fica tão bonita sendo você...
Ainda não voltei a escrever como gostaria, nem talvez como deveria. Tem-me custado manter o foco. Mas em compensação, tenho vivido imensas experiências novas, muito enriquecedoras e conhecido novas pessoas, super inspiradoras. Sabem quando começam a viver de acordo com aquilo em que acreditam e parecem atrair pessoas que pensam e vivem da mesma forma? Sinto-me tão feliz por isso. Acho que nunca como antes as coisas fizeram tanto sentido. Incrível como quando há uma enorme mudança na nossa vida, parece que já nem nos lembramos bem de como era o antes. Nesta transição tenho-me tentado focar em 3 pilares: alimentar o amor-próprio conectar-me com a minha essência abrandar (ainda mais) Por isso, gostaria de partilhar algumas dicas, inspiradas em alguém que admiro e que despertou em mim esta vontade enorme que tenho sentido em viver cada vez mais devagar: ❤ Viver sem pressa: acabamos por chegar sempre a todo o lado. Podemos perfeitamente ir...
Chegou o dia em que troquei o computador, a secretária e o escritório pelo tapete de yoga e pela liberdade de escolher o sítio onde trabalho. Chegou o dia em que deixei de perder horas e horas no trânsito, na ida e no regresso. Chegou o dia de alinhar os meus valores e aquilo em que acredito com aquilo em que trabalho. Agradeço por tudo o que vivi até aqui e que me fez chegar a este momento. Os mais próximos sabem que foi difícil e que ainda não estou totalmente recuperada, mas acredito que faz parte. Talvez só assim tenha tido a coragem de dar o salto. Adeus dores de costas, problemas de circulação, preocupações, ataques de pânico e olá leveza, paz de espírito e felicidade. Obrigada a todos os que me ajudaram e contribuíram para esta grande mudança   ❤ 🙏 Que este seja o primeiro dia do resto da minha vida.
"nem tudo na vida acontece como mais queremos, mas tudo acontece como deve acontecer. muitas vezes, são as escolhas mais difíceis, as que desorientam e inquietam o coração, as que mais precisamos que aconteçam. agradeço sempre. agradeço mesmo sem entender. confio que o tempo vai acertar os ponteiros. confio que é aqui, nesta exacta coordenada, que a minha fé se agiganta. por muito que uma parte do mundo seja um lugar assustador, por muito que nos tente afrontar, que nos tente empurrar e fazer cair, não desisto. não desisto nunca de ser quem sou. não desisto de mim e dos meus sonhos. porque acredito, profundamente, nesta luz que trago dentro. e porque confio, absolutamente, na coragem que tenho de a fazer brilhar." ᨆ um vento forte pode até levar as folhas, mas jamais levará as raízes." Boas novidades estão quase a chegar 💗 até lá podem ir acompanhando pelo instagram.   in "Às 9 no...