O que é o coaching e como te posso ajudar?

O que é o Coaching?

É um processo que tem por objetivo desenvolver, desafiar, apoiar e capacitar pessoas a atingir de forma sustentável todo o seu potencial individual e profissional, através de perguntas! (World Coaching Organization)

Ou seja, as perguntas levam o coachee/cliente a reflectir e, muitas vezes, a mudar de paradigma “Uau, nunca tinha pensado nisso dessa forma!”.
O objectivo é compreender a realidade actual do coachee (ou o ponto de partida) e descobrir qual o ponto de chegada.
A partir daqui, o foco do coach será apoiar o coachee a chegar ao seu destino. Uma espécie de GPS, não é verdade?

Numa frase, o propósito do coaching é levar a pessoa a agir para atingir o seu grande objectivo. É acção, acção, acção!

Quando recorri pela primeira vez ao Coaching e decidi ser acompanhada?

Já não me recordo bem da primeira vez que ouvi falar sobre coaching, mas sei que na altura não percebi bem se qualquer pessoa poderia recorrer ao coaching, lembro-me que cheguei a pensar que seria apenas para grandes atletas ou para grandes homens de negócios.

Uns anos mais tarde, e depois de perceber um pouco melhor o que era o coaching, recordo-me que num café com uma amiga considerei pela primeira vez procurar a ajuda de um coach.

Escolhi a Sofia de Assunção, porque já acompanhava o trabalho dela há algum tempo, conhecemo-nos através dos nossos blogues e fomos mantendo o contacto.

E assim foi, no final de 2016/início de 2017, decidi avançar! Já sabia há bastante tempo que o meu caminho profissional não podia ser por ali. Bem, na verdade, sabia que nem a vida profissional nem a pessoal estavam bem, mas decidi começar pelas mudanças profissionais.
Ter sido acompanhada por uma coach foi das melhores coisas que poderia ter feito!

Quando e onde tirei a Certificação Internacional de Coaching? E a minha opinião sobre o curso

Foi esta paixão pelo auto-conhecimento que me levou a tirar a Certificação Internacional de Coaching com a Joana Areias e o Daniel Sá Nogueira no início de 2020, que adorei e recomendo!

Já desde 2019 que queria fazer este curso (para mim, não tinha a intenção de ser coach) mas ainda não tinha aparecido o certo!

Lembro-me que vi uma live com a Joana e o Daniel sobre a certificação e inscrevi-me logo a seguir!

O curso foi todo online, de Janeiro a Abril de 2020, com uma aula semanal. Toda a formação foi dada pela Joana e tivemos o Daniel como convidado especial em algumas aulas (o Daniel é incrível e uma das pessoas mais experientes na área do desenvolvimento pessoal em Portugal). A Joana é uma pessoa espectacular e muito querida e é uma formadora super competente e profissional. Adorei os conteúdos, a forma como o curso está organizado, o facto de ter sido online, os horários, os trabalhos de casa, a minha turma e o facto de o curso não ter sido em formato intensivo e de ter sido bastante prático. Foi isto que me permitiu perceber que eu adoraria ser coach e que estava preparada para o ser (só tinha que acreditar nisso e praticar muito!). Encontras aqui todas as informações sobre o curso.

Esta é a minha opinião genuína, “apenas” me sinto mais feliz por partilhá-la e em saber que contribuo para o trabalho da Joana e do Daniel e, claro, para que existam mais coaches!

Com esta certificação, e sem saber que isso iria acontecer, descobri uma nova paixão e estou mesmo muito feliz por isso.

Quando comecei a trabalhar como Coach?

Comecei em Maio de 2020, logo depois de ter terminado a certificação, apesar de ter algumas dúvidas sobre se estava realmente preparada! É justamente isso que aprendemos no coaching, às vezes não é preciso estarmos hiper mega preparados, até porque se estivermos à espera disso nunca mais avançamos. É a prática que nos prepara e dá confiança para continuar. Durante o curso já tinha tido algumas “cobaias”, amigos e conhecidos que acompanhei e que me permitiram treinar. Neste post falo um pouco do que senti na altura.

A certificação prepara-nos para sermos Life Coaches, ou seja, podemos trabalhar todas as áreas de vida com o nosso cliente/coachee. Algumas delas são: carreira/trabalho; dinheiro; vida familiar e amigos; vida social e hobbies; propósito de vida; liderança pessoal, entre muitas outras.

O coach é especialista em coaching e não em engenharia civil, por exemplo. Então se houver um coachee que quer trabalhar a área da carreira, é natural que queira falar do seu trabalho e daquilo que faz. Muitas vezes, é justamente pelo facto de o coach não estar dentro da área (neste caso engenharia civil) que faz perguntas “fora da caixa”.

Existem outros tipos de coaching como, por exemplo, o business ou executive coaching, mais vocacionado para executivos e empresas.

Quando deves procurar um Coach?

Vou deixar-te algumas perguntas que te poderão ajudar a responder a essa pergunta:

  • Gostavas de te conhecer melhor? De saber as tuas verdadeiras paixões? Aquilo que te move?
  • Adoravas descobrir o teu propósito de vida?
  • Sentes que tens “tudo” aquilo que desejaste para a tua vida e mesmo assim parece que falta algo?
  • Queres mudar muita coisa, mas não sabes por onde começar?
  • Precisas de perceber em que ponto estás na tua vida, mas há tanta coisa à mistura, que não sabes como organizar as tuas ideias?
  • Gostavas de conseguir atingir os objectivos que definiste?
  • Precisas de ajuda a definir as tuas prioridades?
  • Queres ir do ponto A ao ponto B, mas não sabes como?
  • Estás pronto para agir e fazer as mudanças que queres para a tua vida?

Se respondeste sim a alguma das perguntas, então o coaching pode ajudar-te!

Photo by Heidi Fin on Unsplash

O que podes esperar das minhas sessões? E como começar?

Nestas sessões, de 60 minutos, acompanho-te nas mudanças de vida e objectivos que queres alcançar, trazendo muitas das ferramentas que aprendi na certificação e que me ajudaram e, também, novas ferramentas que vou descobrindo e aprofundando.

Quando marcares a sessão irás responder a um breve questionário que me ajudará a preparar a sessão. Para marcares basta enviares um e-mail para hello@anagoslowly.com

Esta primeira sessão é experimental e, por essa razão, tem um valor especial. Nesta sessão ficamos a conhecer-nos um pouco melhor e explico-te todo o processo de coaching. A partir daqui, percebemos se faz sentido ou não trabalharmos juntas/os.

Geralmente recomendo um conjunto de 8-10 sessões, pois com menos do que isso torna-se difícil concluir um processo de coaching e atingir os grandes objectivos que queres para a tua vida! Claro que vamos ajustando, se necessário, para menos ou mais sessões.

O que fazemos concretamente nas sessões de Coaching?

Enquanto coach faço essencialmente muitas perguntas! Da tua parte, quero que penses, reflictas, te questiones e que respondas quando sentires que tens uma resposta. Só deixar lá a sementinha da pergunta já está a fazer o seu trabalho, acredita.

Vais partilhar muito sobre ti e, por isso, agradeço a todos os meus clientes a grande confiança que têm em mim. Obviamente que tudo o que é partilhado nas sessões é confidencial. Antes de darmos início ao processo de coaching, receberás o meu código de ética e também o acordo de coaching que contém precisamente os deveres e compromisso do coach e do coachee.

Usamos algumas ferramentas muito úteis, como a pizza da vida, que te permite analisar as principais áreas da tua vida e qual o teu nível de satisfação em cada uma delas. Este será o ponto de partida do nosso trabalho.

Também gosto muito de recorrer à técnica do psicodrama ou role playing, em que simulamos situações do dia-a-dia.
Imagina que tens alguma dificuldade em dizer “não” em determinadas situações ou que gostavas muito que a reunião com o teu responsável de equipa corresse de forma diferente (para conseguires dizer uma série de coisas que são importantes para ti), então treinamos isso na sessão. Vais ver que fica mais fácil depois, quando estiveres na situação.
Há sempre trabalhos de casa (os famosos TPCs) e esta é mesmo a parte mais importante do processo de coaching!
Também celebramos muito, as pequenas e as grandes conquistas, pois esquecemo-nos tantas vezes disso no nosso dia-a-dia.


Acredito que a minha missão enquanto coach passa por contribuir para que todas as pessoas descubram aquilo que as faz verdadeiramente felizes e tenham a coragem de seguir o seu coração.

Tens alguma questão? Basta enviares e-mail para hello@anagoslowly.com
Até já

  • Bem-vindos ao Ana, Go Slowly!

    Aqui cabe tudo aquilo que nos leva em direcção a uma vida mais simples, sustentável e feliz: minimalismo, slow living, desperdício zero, hábitos saudáveis, yoga, meditação e muito mais.

    Ana Milhazes
    Autora • Socióloga • Coach • Activista • Instrutora de Yoga •
    Fundadora do Lixo Zero Portugal

    Subscreve o Ana, Go Slowly

    Inspira-te com os meus conteúdos sobre Minimalismo, Desperdício Zero e Slow Living

    Recebe gratuitamente conteúdos exclusivos e novidades em primeira mão

    O meu Livro

  • Temas