Como comprar e vender roupa em 2ª mão?

OLX

Desde que comecei a ter um estilo de vida zero waste* que tenho tentado comprar roupa em segunda mão. Tenho ido a lojas específicas (podem ver um guia de lojas aqui) e pesquiso sobretudo na internet, pois é sem dúvida, uma forma fácil e rápida de encontrarmos muita coisa e, sobretudo, de lojas/marcas que já conhecemos.

Uso imenso o OLX, até porque também estou a vender imensa coisa lá. Tenho encontrado imensas coisas giras e já comprei um pouco de tudo.

Então deixo aqui algumas dicas que me têm sido bastante úteis.


Dicas para comprar:

  • Instalar a aplicação, pois é muito mais fácil acompanhar a resposta aos anúncios
  • Guardar pesquisas (é possível fazê-lo na app e no site). Desta forma, sempre que há itens novos nas nossas pesquisas somos alertados! Eu já tenho pesquisas guardadas com aquilo que estou a precisar ou que poderei vir a precisar (como uso um armário-cápsula sei bem o tipo de peças que uso e que preciso sempre)
  • Pedir novas fotos sempre que achamos que as fotos não estão bem tiradas ou que não se percebe bem a cor
  • Questionar o motivo de venda, caso essa informação não esteja no anúncio
  • Comprar apenas por correio caso o anúncio tenha fotos reais e bem tiradas e quando já conhecemos a marca e os tamanhos da mesma
  • Combinar sempre em locais públicos. No caso de roupa combinem em shoppings por exemplo, onde possam experimentar a roupa
Dicas para vender:

  • Vendam aquilo que acham que é de boa qualidade e que está em óptimo estado. Aquilo que à partida sabem que não vai vender bem, mais vale nem perderem tempo com isso. Perguntem-vos sempre se aquilo que vão receber compensa o tempo que estão a gastar
  • Usar a app. Se tirarmos as fotos com o telemóvel, é só adicionar um novo anúncio, registar a informação e adicionar as fotos
  • Descrever o produto (retirar esta informação do site original se encontrarmos)
  • Nome do modelo
  • Tamanho/Medidas completas
  • Motivo da venda
  • Preço original (se souberem)
  • Preço actual (e se inclui ou não portes de envio) – tentem colocar um preço justo que não vos faça perder demasiado tempo a negociar
  • Condições de entrega: local de entrega / envio por correio / modo de pagamento 
  • Fotos de qualidade, com luz natural e de preferência com fundo branco. Incluir foto das lojas com a peça vestida, pois ajuda bastante a perceber como fica a peça (agora não coloquem só estas fotos, pois assim ficamos sem saber qual o estado da peça)
  • Aproveitar o feedback dos possíveis compradores. Se nos fazem determinada pergunta das uma: ou não leram o anúncio (o que acontece muitas vezes e me deixa maluca!) ou então não colocamos mesmo lá essa informação. Neste último caso, devemos responder à pessoa interessada e actualizar o anúncio com essa informação
  • Responder às pessoas interessadas (quando fazem perguntas pertinentes): se têm coisas à venda por favor respondam aos anúncios! Já contactei imensa gente que nunca responde ou só responde à segunda vez. Agora também há pessoas que pedem preços ridículos, que fazem perguntas sobre informação que está no anúncio e que querem que vamos entregar as coisas literalmente à porta de casa! Portanto bom senso acima de tudo para percebermos o que faz ou não sentido
  • Combinar em locais públicos e que sejam locais de passagem (não vamos estar a ir ao outro lado da cidade só para vender algo)
  • Dar o contacto de telefone apenas no momento em que vamos combinar um local para vender o artigo (no meu caso prefiro não dar o telefone pois não quero ser interrompida no trabalho por exemplo, então prefiro que me contactem por mensagem, pois assim quando puder vejo)
Acima de tudo tento não perder demasiado tempo, porque a verdade é que facilmente podemos perder imenso tempo: a negociar, a combinar o local, depois a encontrarmo-nos com a pessoa, etc. Já há uns anos que tinha tido perfil no OLX e depois eliminei por isso mesmo, simplesmente não tinha paciência para isto tudo. Agora, tento tirar as fotos todas para os anúncios de uma só vez (e num momento em que haja luz natural), colocar um preço mais baixo, combino sempre no mesmo local e ando muitas vezes com as coisas já no carro. Com o dinheiro das vendas compro novas coisas para mim em 2ª mão e faço doações a instituições. No meu caso, com um objectivo específico, torna-se mais fácil vender.

Costumam comprar coisas em 2ª mão pela net? Têm dicas úteis?

*entenda-se zero waste como redução do lixo que habitualmente produzimos, não quer dizer que não se produza nenhum lixo e não temos todos que ser Beas Johnson!
  • Bem-vindos ao Ana, Go Slowly!

    Aqui cabe tudo aquilo que nos leva em direcção a uma vida mais simples, sustentável e feliz: minimalismo, slow living, desperdício zero, hábitos saudáveis, yoga, meditação e muito mais.

    Ana Milhazes
    Autora • Socióloga • Coach • Activista • Instrutora de Yoga •
    Fundadora do Lixo Zero Portugal

    Subscreve o Ana, Go Slowly

    Inspira-te com os meus conteúdos sobre Minimalismo, Desperdício Zero e Slow Living

    Recebe gratuitamente conteúdos exclusivos e novidades em primeira mão

    O meu Livro

  • Temas