Como cuidar da nossa roupa: dicas simples

Depois dos posts sobre capsule wardrobe, nada melhor do que nos focarmos em algumas dicas simples sobre como poderemos tratar da nossa roupa de forma simples.

Antes de nos focarmos na limpeza da roupa, nada melhor do que termos em conta a velha máxima: menos é mais, ou seja, menos roupa, mais facilidade em tratar dela e menos tempo perdido.
Aqui ficam algumas das dicas que tenho implementado e que me simplificam imenso a vida:
  • Não ir a nenhuma loja de roupa sem uma lista de compras (mesmo que tenha um só item!). Esta dica não faz só sentido no supermercado. Quem pretende ter um guarda-roupa simples sabe do que falo. Se não pretendemos acumular mais roupa, apenas devemos comprar aquilo que é estritamente necessário
  • Comprar roupa fácil de lavar (na máquina e que possa ser misturada com outras peças) e que não necessite de ser passada a ferro
  • Não colocar nada a lavar do avesso, sobretudo meias, uma vez que depois dá muito mais trabalho a arrumar.
  • Usar o mesmo tipo de meias e colocar todos os pares e uso – desta forma não nos temos que preocupar em encontrar o par quando recolhemos a roupa (são todas iguais e umas não estão mais gastas do que outras)
  • Manter as blusas fechadas quase até cima – tiro a blusa como se fosse uma camisola e não desaperto os botões e coloco-a logo na máquina (apenas coloco do avesso pois isso desgasta menos a cor). A blusa mantém-se fechada quando estendo a secar e quando arrumo. Menos tempo perdido a tirar a roupa e também a arrumar, pois assim segura-se facilmente no cabide.
  • Usar o programa mais rápido da máquina – assim as roupas não se estragam e não ficam tão amarrotadas.
  • Lavar sempre a roupa com água fria – prolonga a durabilidade da roupa
  • Lavar menos vezes a roupa – sim leste bem! Antes bastava usar uma vez e colocava logo para lavar. Se não cheirar mal nem estiver sujo deixo arejar e depois arrumo (exceptuando quando sabemos que não vamos utilizar mais aquela peça na estação actual, pois a roupa usada que é guardada durante muito tempo pode ficar com manchas). Esta regra depende obviamente do clima, estação e da transpiração de cada um
  • Não colocar a roupa a secar exposta directamente ao sol – prolonga a cor e aumenta a durabilidade da roupa
  • Colocar as molas da roupa em sítios estratégicos e de forma a que não fiquem marcas (tento não prender as molas com muita força)
  • Programar a máquina para lavar quando não estamos em casa – assim quando chegarmos é só colocar a roupa a secar (tento que a máquina termine quase à hora em que chego a casa para evitar que a roupa fique muito tempo na máquina, o que só contribui para que fique amarrotada)
  • Usar sacos de rede para lavar peças sensíveis (de renda, interior)
  • Remover manchas com água oxigenada
  • Na altura de recolher a roupa, dobrar e arrumar de imediato, evitando assim ter que passar a roupa ferro e evitando também ter “tralha” acumulada 
  • Para remover pêlos de animais das roupas usar este tipo de luvas ou humedecer as mãos e passar pela roupa fazendo movimentos descendentes (humedecer e passar as vezes que forem necessárias)
  • E finalmente, manter a roupa bem arrumada (seja dobrada segundo as regras da Marie Kondo por exemplo ou pendurada em cabides) – se a roupa estiver toda ao monte provavelmente teremos que levar novamente.
E tu cuidas bem das tuas roupas?

créditos imagem | Pinterest
  • Bem-vindos ao Ana, Go Slowly!

    Aqui cabe tudo aquilo que nos leva em direcção a uma vida mais simples, sustentável e feliz: minimalismo, slow living, desperdício zero, hábitos saudáveis, yoga, meditação e muito mais.

    Ana Milhazes
    Autora • Socióloga • Coach • Activista • Instrutora de Yoga •
    Fundadora do Lixo Zero Portugal

    Subscreve o Ana, Go Slowly

    Inspira-te com os meus conteúdos sobre Minimalismo, Desperdício Zero e Slow Living

    Recebe gratuitamente conteúdos exclusivos e novidades em primeira mão

    O meu Livro

  • Temas