Cuidar da casa de forma simples e ecológica

Voltando aos ritmos, comecei a experimentar um novo recentemente: limpar a casa durante a semana, dividindo as tarefas por vários dias.

No ano passado, realizava estas tarefas durante a semana num só dia (fazia speed cleaning) e deixava o fim-de-semana livre de tarefas domésticas (com a excepção de lavar a roupa), mas este ano perdi este hábito (devido ao que falei aqui) e estava a ser difícil recuperá-lo…

Como já andava a aborrecer-me por ocupar (grande) parte do fim-de-semana com as limpezas, decidi que isto tinha que mudar e procurei algumas dicas sobre o assunto. Depois de as encontrar, resolvi fazer o meu horário e pô-lo em prática:
Segunda – WCs / mudar e lavar toalhas
Terça – Limpar pó / Aspirar
Quarta – Limpar o chão
Quinta – Descanso
Sexta – Descanso
Sábado – Lavar a nossa roupa e os lençóis
Domingo – Recolher e arrumar roupas (se a roupa não secar faço-o no dia seguinte)
A cozinha vou limpando durante a semana, por isso não defini um dia específico para o fazer.

Basicamente o que importa aqui é a sequência. Caso na segunda não possa limpar os WCs, faço-o no dia seguinte e assim sucessivamente. Tal como referi no post sobre os ritmos, nenhuma rotina é inflexível. Afinal as rotinas/ritmos servem para facilitar a nossa vida e não para a complicar.

A ideia deste ritmo/rotina é fazer uma limpeza rápida, na maior parte das vezes, e apenas limpar mais aprofundadamente quando vejo que tal é necessário. Como mantemos a casa sempre arrumada e relativamente limpa as limpezas são feitas muito rapidamente.

Aos fins-de-semana, como acordo cedo, trato logo das tarefas após acordar (também é rápido pois é só tratar da roupa) e depois fico com o resto do dia livre.
(Desde que tenho cão, a casa suja-se mais, por isso limpo o chão da cozinha várias vezes por semana e sempre que necessário também aspiro ou passo uma mopa pelo menos na entrada/corredor/sala).
E como cuidar da casa de forma simples e ecológica?

Para limpar praticamente tudo, uso 3 coisas:
  • Detergentes caseiros (que guardo em 2 embalagens com pulverizador) – solução mais forte com vinagre (de vinho branco) (daqui – adiciona umas folhas de louro no frasco/embalagem, fica um cheiro muito agradável) e uma mistura de água morna com bicarbonato de sódio (faço na hora e uso para limpar as mármores como referi aqui).
  • Bicarbonato de sódio (uso para quase tudo, para limpar a cozinha e os WCs, para lavar a roupa, para lavar a louça…) – costumo comprar estes pacotes e depois guardo o bicarbonato dentro de um frasco pois assim é mais fácil de usar.
    • Panos de microfibras – uso em tudo (na cozinha, WCs, móveis). Adoptei um sistema por cores e assim cada cor tem um uso específico (escrevi e colei na caixa dos panos para não esquecer). Por vezes, também uso alguns farrapos (aproveitei de t-shirts velhas) para limpar o chão/calçado.

    O importante é fazer uma limpeza ecológica, recorrendo a produtos amigos do ambiente e também económicos. Mais dicas aqui.  

    Explicando cada uma das tarefas detalhadamente…

    1. Limpar WCs:
    • Espalhar bicarbonato de sódio + detergente caseiro (com vinagre)  nas louças e vidros e deixar actuar;
    • Esfregar com escova ou meio limão (depois de usar um limão para cozinhar ou fazer chá não o deito logo fora, reutilizo-o ainda nas limpezas – o importante é ter a casca para se poder usar como esponja/esfregão);
    • Limpar as escovas de dentes colocando-as de molho em água e água oxigenada (em partes iguais);
    • Limpar as mármores – uso o borrifador com água morna e bicarbonato de sódio nos balcões e paredes da banheira. Para o chão, coloco no balde: meia chávena de bicarbonato de sódio e água quente. As paredes de todo o WC apenas limpo 1 vez por mês ou menos até, só as da banheira é que limpo todas as semanas;
    • Limpar os espelhos – uso o detergente caseiro com vinagre e um pano microfibras;
    • Mudar as toalhas.
    Para limpar os WCs de forma mais rápida costumo, antes do jantar por exemplo, espalhar o bicarbonato e os detergentes caseiros. Assim enquanto os detergentes trabalham eu janto sossegada. No final, é só passar a escova/pano e água. Deixei de usar esponjas na limpeza do WC pois acho que não são nada ecológicas (além de acumularem muitas bactérias) e ainda não consegui encontrar uma alternativa ecológica. Então uso escovas: uma assim (tenho uma igual para a louça da banca) e uma escova de dentes velha.
    2. Limpar pó/Aspirar/Tapetes:
    • Arrumar tudo o que estiver fora do sítio (temos este cuidado diariamente, mas mesmo assim há coisas que escapam, então antes de começar a limpar o pó passo pela casa toda e arrumo o que estiver fora do sítio);
    • Limpar o pó com o pano de microfibras humedecido e um bocadinho de detergente caseiro de vinagre (só mesmo um bocadinho pois esta mistura de vinagre é forte), por vezes também uso um espanador (daqueles que agarra o pó) para limpar sítios mais altos;
    • Limpar interruptores e puxadores (aqui já posso usar a mistura com vinagre à vontade);
    • Aspirar (aspiro o sofá da sala com uma escova própria e o chão);
    • Tapetes – uso esta luva (é óptima para retirar todo o pêlo de animal de qualquer tipo de tecido) e depois aspiro.
    3. Limpar chão (cozinha/soalho)

    • Chão da cozinha – detergente caseiro com vinagre;
    • Soalho – não limpo todas as semanas, apenas o faço quando vejo que está a precisar. Sermos só duas pessoas cá em casa (mais um cão) e tirarmos logo os sapatos mal chegamos, ajuda bastante (e sim também limpo as patas ao meu cão ehehe). Misturo num balde umas gotas de detergente da roupa (ecológico) + ¼ de copo de vinagre branco (tem que ser mesmo pouco vinagre pois se usado em excesso pode retirar o brilho deste tipo de chão) num litro de água morna.
    Nota: uso duas esfregonas: uma para a cozinha e outra para o soalho e WCs (pois são em mármore e não posso usar o detergente da cozinha que é demasiado abrasivo).
    No final, lavo as esfregonas com um pouco de detergente da roupa. Coloco detergente da roupa num balde com água quente e deixo uns minutos, depois coloco a secar na varanda com a cabeça da esfregona para cima.

    4. Lavar roupas
    • Detergente para a máquina/lavar roupa à mão – geralmente utilizo da marca L’Arbre Vert – dá para lavagem manual e à máquina; por vezes adiciono bicarbonato de sódio ao detergente, pois torna a lavagem da roupa muito mais eficiente e adiciono sempre meia chávena de vinagre (de vinho branco) (no compartimento do amaciador) pois funciona como amaciador e é muito bom para remover todo o tipo de cheiros (na lavagem da roupa do exercício físico não pode faltar). Também costumo adicionar umas gotas de óleo essencial (para dar um cheiro suave, pois não uso amaciador). Neste momento estou a usar óleo essencial de lavanda.
    Há também alternativas de detergente que podemos fazer em casa, como este da Rita.

    E há também as nozes de saponária, que podem ser reutilizadas diversas vezes.

    Algumas dicas para gastar menos tempo a tratar da roupa (e sim, eu não passo a roupa a ferro, só se for uma peça muito específica que necessite mesmo).

    5. Limpar cozinha – faço-o quase todos os dias, por isso não tenho um dia específico para esta tarefa. Os armários (por dentro e por fora) vou limpando à medida que vejo que estão sujos, o mesmo acontece com o interior do frigorífico, por exemplo. Apenas quando desligo o frigorífico/congelador para remover o gelo é que costumo fazer uma limpeza mais profunda (e neste caso também uso os mesmos detergentes caseiros que já referi).
    • Balcões – detergente caseiro com vinagre;
    • Detergente da louça – compro este ecológico (estou muito satisfeita, além de lavar bem não me causa qualquer alergia ou irritação na pele);
    • Esponja – quero arranjar uma alternativa ecológica, para já uso uma normal. Conhecem alguma?
    • Escova – para remover os restos de comida antes de colocar a louça na máquina;
    Dica: uso este recipiente para guardar a esponja, a escova e o detergente da louça. Quando acabo de arrumar a cozinha, arrumo o recipiente no armário e já está: balcão livre!
    • Panos para limpar a banca e cozinha – uso os de microfibras (mudo o pano todos os dias ou de 2 em 2 dias, lavo na máquina e fica como novo. Acabaram-se os conhecidos “panos amarelos” que duravam pouco tempo e iam logo para o lixo);
    • Para lavar a louça na máquina – utilizo as pastilhas ecológicas da Ecover . Como abrilhantador uso vinagre (que coloco mesmo no compartimento da máquina para o efeito). Antes de ligar a máquina pulverizo toda a louça com detergente caseiro de vinagre (a louça fica muito melhor lavada, sobretudo quando há algumas peças com gordura, além disso o próprio interior da máquina também fica mais limpo).

    E quando este plano (da divisão de tarefas pelos vários dias) não pode ser posto em prática? (Ou porque nessa semana estive mais cansada ou porque cheguei mais tarde a casa…). Recorro ao plano B: o speed cleaning!

    E vocês, também usam produtos ecológicos nas limpezas? E seguem alguma rotina?

  • Bem-vindos ao Ana, Go Slowly!

    Aqui cabe tudo aquilo que nos leva em direcção a uma vida mais simples, sustentável e feliz: minimalismo, slow living, desperdício zero, hábitos saudáveis, yoga e meditação.

    Ana Milhazes, Socióloga, Formadora, Instrutora de Yoga, fundadora do Lixo Zero Portugal

    Subscreve o Ana, Go Slowly

    Inspira-te com os meus conteúdos sobre Minimalismo, Desperdício Zero e Slow Living

    Recebe gratuitamente conteúdos exclusivos e novidades em primeira mão

    O meu Livro

  • Temas