Lista de compras

A minha lista de compras agora é muito simples, mas já chegou a ser muito complicada! Também já usei uma aplicação no smartphone, mas confesso que no supermercado não achava nada prático (não dava jeito andar sempre com ele na mão e quando não tinha bolsos ia colocá-lo na carteira?! depois podia pousar o telemóvel em qualquer lado e adeus!).

Além disso o companheiro é que costuma ir às compras e também prefere o papel (e assim vou usando alguns papéis de rascunho que ainda tenho).

Voltando à fase complicada, cheguei a ter um excel com os produtos que comprava, as respectivas quantidades e os preços e ainda sinalizava o aumento e a diminuição dos preços (para quê se tinha que comprar na mesma?!). Claro que podia sempre comparar o preço entre os vários sítios, mas mesmo esta comparação de preços não é assim tão linear… Se faço todas as minhas compras num determinado sítio não vou estar a ir a outro sítio de propósito só porque ali é mais barato. Não compensa, tempo também é dinheiro (tempo que gastava no ficheiro excel e na ida às compras), já para não falar nos gastos da deslocação.

Em relação a esta questão do tempo, o mesmo se aplica ao facto de comprarmos legumes congelados, por exemplo. Claro que são mais caros, mas o tempo que demoramos a arranjá-los também custa dinheiro. Compreendo que muitas pessoas não tenham essa possibilidade, mas se não for esse o caso, porque não comprar legumes congelados? Ganhamos tempo para fazer outras coisas! E os legumes congelados (que não estão pré-cozinhados) são igualmente saudáveis, pois são apanhados na altura certa e tratados e empacotados em condições de segurança e higiene alimentar, não perdendo qualquer valor nutricional. A única desvantagem que encontro está mesmo nas embalagens, que muitas vezes poderiam ser maiores (pois assim compravamos menos plástico) e feitas com outro material que não o plástico.

Continuando na lista, agora faço assim: tenho uma lista no google drive com todos os produtos que compro sempre (divididos por área do supermercado e frequência). As áreas e os produtos já estão de acordo com a ordem dos corredores seguida no supermercado, pois assim não tenho esse trabalho quando passo para o papel. Tenho ainda uma área com os produtos que apenas prefiro comprar em lojas de produtos naturais.

Quanto às coisas novas que vou experimentando, se gostar mesmo delas, passam para a lista.

E como vou apontando aquilo que vai acabando?
Sublinho esse produto na lista ou coloco a negrito e acrescento a respectiva quantidade, se for necessário (como podem ver na imagem abaixo). Posso aceder à lista muito facilmente (computador, smartphone ou iPad), por isso é tão prático como o papel e caneta. Itens que raramente compro (por exemplo outro dia tive que comprar uma esfregona), só fazem sentido estar na lista em papel.

Na altura de ir às compras, passo tudo para o papel. Se quero acrescentar coisas novas coloco alguma explicação, marca ou preço para ajudar o namorido na tarefa.

Como só fazemos compras mensais, acabamos por comprar mais ou menos as mesmas coisas todos os meses (claro que não é a lista toda! O açúcar por exemplo dá para muito muito tempo). Por isso, caso não possa fazer a lista por algum motivo, é só pegar na lista geral e ver as coisas que costumo comprar mensalmente e já está. Esta solução é ainda mais rápida!

Quanto aos frescos, nem costumo fazer lista, a não ser que queira fazer alguma receita específica/diferente do habitual e aí anoto para não me esquecer. Aí sim abro uma excepção e uso o smartphone e coloco os itens na app Gtasks.

O meu documento é assim:


E aqui vai a lista completa. Compro tudo nos supermercados/hipermercados tradicionais, apenas a última parte tem os produtos que compro em lojas de produtos naturais. Tento comprar sempre as alternativas mais saudáveis/biológicas/integrais… e sem qualquer ingrediente animal. Penso que apesar de alguns produtos serem geralmente mais caros, a nossa saúde sai recompensada.

VEGETARIANA

  • Chás em folhas (cidreira, verde…) – deixei de comprar chás em pacotes
  • Sementes (girassol, chia, linhaça, sésamo, abóbora)
  • Soja grossa e fina
  • Maionese s/ovo
  • Pasta amendoim
  • Pasta de sementes de sésamo
  • Farinhas especiais
  • Levedura de cerveja (costumo comprar em flocos, o sabor não é tão intenso)
  • Cereais
  • Barras de cereais 
  • Bolachas
  • Massa integral
  • Polpa de tomate
  • Caldo de legumes
  • Aveia
  • Iogurtes de soja
  • Sal grosso
  • Natas de aveia
  • Cuscuz
  • Sêmola de milho
  • Molho de soja


WC / LIMPEZAS

  • Óleo de amêndoas doces
  • Cera depilatória (ainda não descobri ceras ecológicas. Alguém conhece?)
  • Cotonetes biodegradáveis
  • Sabonetes
  • Papel higiénico reciclado
  • Rolos de cozinha reciclados
  • Papel vegetal


PADARIA

  • Tostas integrais
  • Massas (folhada, quebrar)
  • Pão (forma, pita, broa)


MERCEARIA
 

  • Água  
  • Água das pedras
  • Leite de soja
  • Cápsulas máquina café
  • Café em pó
  • Azeite
  • Vinagre vinho branco (para as limpezas)
  • Vinagre balsâmico
  • Óleo amendoim
  • Especiarias (alho pó, cominhos, coentros, paprika, açafrão, caril, pimenta, gengibre, salsa, orégãos, tomilho, canela…)
  • Bicarbonato sódio (para as limpezas)
  • Enlatados/secos (Cogumelos, feijão, rebentos, espargos, grão)
  • Arroz (Agulha, Basmati, Integral, Selvagem) 
  • Massas (espirais, laços, conchas) 
  • Placas de lasanha 
  • Farinhas (s/ fermento; c/ fermento; p/ pão) 
  • Pão ralado 
  • Côco ralado
  • Fermento
  • Açúcar amarelo/mascavado
  • Cacau
  • Manteiga de soja

FRUTA E LEGUMES (estes não compro apenas mensalmente) 
(Aqui compro quase tudo, mas vou variando de cada vez que vou às compras… Alguns exemplos):

  • Saladas (alface, agrião, rúcula…)
  • Batata
  • Cebola
  • Cenoura
  • Curgete
  • Alho-francês
  • Alhos
  • Pimentos
  • Espinafres
  • Beringela
  • Cogumelos (todas as espécies, pois ADORO cogumelos!)
  • Rebentos de soja
  • Tomates
  • Tremoços
  • Frutos secos / cristalizados
  • Fruta (de tudo um pouco)


CONGELADOS:

  • Espinafres
  • Ervilhas
  • Milho
  • Cogumelos
  • Batatas -dá jeito quando não queremos ter tanto trabalho, pois é só colocar no forno
  • Douradinhos de vegetais e de espinafres – são óptimos para quando queremos uma refeição mais rápida


LOJAS DE PRODUTOS NATURAIS (costumo ir às lojas Celeiro-Dieta):

  • Produtos de higiene pessoal, como champô, desodorizante…
  • Óleo côco
  • Farinhas especiais (de grão, de soja…)
  • Mortadela vegetal
  • Queijo vegetal
  • Salsichas
  • Chouriços
  • Seitan
  • Tofu
  • Tofu fumado
  • Chocolates (vegan)
  • E sempre que quero comprar algo diferente do habitual já sei que neste tipo de lojas encontro sempre!


Se quiserem ver outra lista com uma grande variedade de produtos adequados a uma alimentação vegana aconselho esta (quem sabe se não é desta que começam a experimentar algumas coisas diferentes?). Confesso que quando vi essa lista decidi comprar algumas coisinhas novas. Afinal é sempre tão bom variar e aprender a cozinhar/experimentar coisas diferentes, não é?

Qualquer dúvida sobre onde encontrar alguma coisa ou como cozinhar, digam. Tenho todo o gosto em ajudar 🙂

  • Bem-vindos ao Ana, Go Slowly!

    Aqui cabe tudo aquilo que nos leva em direcção a uma vida mais simples, sustentável e feliz: minimalismo, slow living, desperdício zero, hábitos saudáveis, yoga, meditação e muito mais.

    Ana Milhazes
    Autora • Socióloga • Coach • Activista • Instrutora de Yoga •
    Fundadora do Lixo Zero Portugal

    Subscreve o Ana, Go Slowly

    Inspira-te com os meus conteúdos sobre Minimalismo, Desperdício Zero e Slow Living

    Recebe gratuitamente conteúdos exclusivos e novidades em primeira mão

    O meu Livro

  • Temas