A nossa sala de estar

Há um ano atrás não tinha sofá, nem televisão, nem tapete na sala, na casa onde vivia (podes ver aqui a minha sala num programa da RTP1). São escolhas que vão de encontro àquilo em que acreditamos.
“Se não tenho televisão, não preciso de sofá e os tapetes só acumulam porcaria e é mais uma coisa para limpar e aspirar”. Continuo a ter exactamente a mesma opinião, mas a vida mudou e em parte eu também!
Quis a vida que me apaixonasse por um alentejano de gema (eu que sempre tive o sonho de viver cá!) e que ele tivesse 2 filhos, um menino e uma menina.
Porto 1 – Alentejo – 4, não sei se estão bem a ver a diferença!
Confesso que me custou deixar a minha casa no Porto, a casa com que mais me identifiquei até hoje, pela sua simplicidade e leveza, por ter quase tudo em segunda mão, por ser ao pé da praia e por ter sido a minha primeira casa, só minha.
Mas casa é “só” o lugar onde nos sentimos bem, o nosso porto seguro e isso pode ser em qualquer lado, certo? Essa é a parte mais importante e o resto vem, vai-se mudando e adaptando.
Esta é a nossa sala! Um sítio onde brincámos muito, onde fazemos picnics, onde vemos séries (só de vez em quando porque a televisão está quase sempre desligada), onde relaxamos no sofá, onde lemos histórias, onde às vezes eu medito e trabalho sentada no chão, onde abrimos a porta da varanda e ouvimos os pássaros (a qualquer hora), onde damos abraços, onde fazemos música com instrumentos e panelas, onde tentamos fazer yoga (tirando a mesa), onde dançamos, onde brincamos aos legos e construímos pistas (de carros e comboios), onde jogamos cartas, dominó, monopólio (as 1001 versões que temos!), enfim onde VIVEMOS ✨❤️

Este móvel da Naan Furniture ficou mesmo bem! Procurámos muita coisa em segunda mão, mas acabámos por não encontrar. Tentamos assim encontrar uma marca sustentável e que fosse de encontro àquilo que gostamos. Com o móvel novo, reduzimos e simplificamos muito do que estava no móvel antigo. Como eu digo sempre, estas alturas de mudanças são óptimas para simplificar e destralhar. Ficam apenas a faltar alguns vasos para as plantas novas.

Gostavas de ver o “Antes” e “Depois” de cada divisão da minha casa?

  • Bem-vindos ao Ana, Go Slowly!

    Aqui cabe tudo aquilo que nos leva em direcção a uma vida mais simples, sustentável e feliz: minimalismo, slow living, desperdício zero, hábitos saudáveis, yoga e meditação.

    Ana Milhazes, Socióloga, Formadora, Instrutora de Yoga, fundadora do Lixo Zero Portugal

    Subscreve o Ana, Go Slowly

    Inspira-te com os meus conteúdos sobre Minimalismo, Desperdício Zero e Slow Living

    Recebe gratuitamente conteúdos exclusivos e novidades em primeira mão

    O meu Livro